RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO ou RELATÓRIO DAS NOTAS EXPLICATIVAS?

por Lélio Lauretti

Pesquisa que fiz com Relatórios da Administração referentes ao exercício de 2013, publicados por 91 sociedades por ações (inclusive Grupos), mostrou o seguinte quadro:
Número de páginas pesquisadas: 2038
Textos, Demonstrações Financeiras, Pareceres: 526 páginas (25,8%)
Notas Explicativas: 1.512 páginas (74,2%)

Continuar lendo

RELATO INTEGRADO (IIRC): O que você deve saber para adotá-lo?

por Rubens Marçal

Grande parte do que se segue baseia-se no “framework” do Relato Integrado do IIRC.

O que é um Relato Integrado
Segundo a própria definição do International Integrated Reporting Council (IIRC), Relato Integrado é um “documento conciso sobre como a estratégia, a governança, o desempenho e as perspectivas da organização, no contexto de seu ambiente externo, levam à Geração de Valor no curto, médio e longo prazo.” O IIRC é uma coalizão global de investidores, empresas, reguladores, definidores de padrão, profissionais contábeis e ONGs, que compartilham a visão de que “geração de valor” é questão essencial na elaboração de relatos corporativos. Preocupado com frequentes inconsistências e falta de integração das informações que as empresas tornam disponíveis em seus vários relatórios, o IIRC, analisando incontáveis publicações a nível global, selecionou uma amostra representativa das que mais se aproximavam ao ideal de disclosure dos fornecedores de capital financeiro (bancos, acionistas, debenturistas, investidores).

Continuar lendo

Queremos Conselhos de verdade!!!!!

Annibal Ribeiro Lima

Chegamos ao final de 2014 com uma sensação mista em relação à Governança Corporativa no Brasil, se por um lado conquistamos espaço não só através de um trabalho intenso do IBGC, mas principalmente por experiências bem sucedidas na prática de muitas empresas, por outro lado, observamos situações em que a Governança Corporativa teve seus conceitos e pilares sendo absolutamente destroçados.

Continuar lendo

Resultados decepcionantes afastam recuperação do Ibovespa

Das 65 companhias do Ibovespa que apresentaram balanços do primeiro trimestre, 37 tiveram resultados abaixo da estimativa dos analistas

Ney Hayashi, da 
São Paulo – As empresas brasileiras têm apresentado seu mais longo ciclo de resultados decepcionantes, reforçando sinais de que a recuperação da maior economia da América Latina é vacilante.

Das 65 companhias do Ibovespa que apresentaram balanços do primeiro trimestre, 37 tiveram resultados abaixo da estimativa dos analistas, segundo dados levantados pela Bloomberg.

Continuar lendo

INVESTIDOR QUER GANHAR 20% AO ANO, MAS NÃO TOLERA PERDA E FOGE DA BOLSA, DIZ PESQUISA

 Eduardo Tavares | Arena do Pavini

Uma pesquisa feita pelo superintendente-executivo da Santander Brasil Asset Management, Aquiles mosca, mostra que o investidor brasileiro médio espera 20% ao ano de retorno nos próximos 10 anos para seus investimentos. Mas 75% dos 300 participantes da pesquisa não estão dispostos a tolerar perdas mínimas, mesmo que por apenas seis meses. E, finalmente, 70% deles não querem nem ouvir falar de investir em ações.

Continuar lendo

Fundos Imobiliários – ESPECIALISTAS DESCARTAM BOLHA IMOBILIÁRIA E VEEM GRANDE POTENCIAL PARA FUNDOS

Eduardo Tavares
Embora a recente explosão da procura de investidores por fundos imobiliários tenha levantado preocupações sobre um excesso de valorização dos preços de imóveis, especialistas descartam o risco de uma bolha no setor. Ao contrário, na opinião de gestores, a indústria que esse tipo de aplicação movimenta está apenas aquecendo os motores e ainda encontra muito espaço para crescer no Brasil.

CVM estuda melhoras no mercado de fundos imobiliários

Eduardo Tavares 

São Paulo – A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) iniciou um estudo para melhorar a regulamentação do mercado secundário de fundos imobiliários (negociação em bolsa das cotas do fundo), segundo disse hoje o presidente da entidade, Leonardo Gomes Pereira, durante o sétimo Congresso Anbima de Fundos, realizado em São Paulo.

Continuar lendo