ALFREDO ANDERSEN

A atmosfera sombria das obras de Alfredo Andersen (1860-1935), característica comum entre pintores nórdicos, foi substituída pela natureza exuberante e pela grande luminosidade encontrada pelo artista norueguês entre os anos de 1893 e 1935, período em que viveu e produziu em terras brasileiras. A exposição mostra todo o seu percurso artístico, com fases criativas marcadas por tratamentos pictóricos distintos e temas diversos. Andersen foi o grande incentivador das artes no Paraná, e como professor foi responsável pela formação de toda uma geração de artistas paranaenses. Curadoria de Amarilis Puppi.

Locais e datas de realização:
Centro Cultural Correios, Rio de Janeiro, RJ – set.-out. 2013
Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), Florianópolis, SC – out.-nov. 2013

Escolha o Idioma